segunda-feira, 3 de julho de 2017

BEIJA FLOR







SOU DO INTERIOR
UM BEIJA FLOR
A VOAR
SOU CHUVA LA FORA
PENSAMENTOS QUE AGORA
SE APEGAM A SONHAR
SOU RIMA DE POESIA
VENTO QUE UM DIA
MEUS OLHOS FIZERAM
CHORAR
SÃO COISAS DESTA SAUDADE
RAIOS DENTRO DE UMA TEMPESTADE
QUERENDO EM TROVÕES BRILHAR
SÃO RIOS E VERTENTES
PAISAGENS DIFERENTES
ONDE FLORES
MEUS CAMINHOS VEM
PERFUMAR
SÃO HISTÓRIAS JÁ VIVIDAS
NUNCA REPETIDAS
POIS NÃO TIVE TEMPO
PARA VOLTAR
SÃO CASAS EM RUÍNAS
PIRILAMPOS PELAS ESQUINAS
COMO ESTRELAS A BRILHAR
É O TREM DE PASSAGEIRO
O VELHO VIOLEIRO
NA ESTAÇÃO A CANTAR
SÃO ASSOVIOS DO VENTO
MUSICAS QUE NO TEMPO
ME FIZERAM
EM SONHOS... DANÇAR.