quarta-feira, 10 de maio de 2017

ASSIM QUE CLAREOU








DEIXEI EM TEU OLHAR
AQUELA LÁGRIMA FRIA
QUE A SAUDADE UM DIA
ME DEU
FOI OS OLHOS TEUS
QUE LA DEPOSITOU
HOJE APENAS SOU
UM JOVEM SOLITÁRIO
NESTES CAMINHOS DA VIDA
SÃO MINHAS FERIDAS
QUE NÃO QUEREM CICATRIZAR
POR ISSO ME PERDOE
ESTAS LÁGRIMAS QUE AGORA
VOU DERRAMAR
SÃO LEMBRANÇAS ANTIGAS
QUE A QUEM DIGA
SÃO DIFÍCEIS DE ESQUECER
POIS AO SOFRER
A ALMA SE ILUMINA
DEPENDURADA NAS ASAS DO VENTO
MEUS LAMENTOS
EU SEI
SÃO PASSAGEIROS
POIS SOBRE O TRAVESSEIRO
DEIXEI MEUS PENSAMENTOS
ROSAS QUE O VENTO DESPETALOU
DENTRO DOS SONHOS QUE ME DEU

ASSIM... QUE CLAREOU.