sábado, 29 de abril de 2017

SUAVE ENTARDECER








A CHUVA FINA
DOBRAVA A ESQUINA
EM SUAVES
TILINTAR
DE GOTAS
SOBRE O TELHADO
E TODO MOLHADO
ME APROXIMEI DE VOCÊ
LHE ABRACEI
E PELAS MÃOS
TE LEVEI
ENTRE AS FOLHAS
QUE O VENTO CARREGAVA
E ASSIM COMO DOIS ADOLESCENTES
CORREMOS E PULAMOS
SOBRE AS POÇAS DE ÁGUA
ERA FIM DE NOITE
COMEÇO DE MADRUGADA
UM BEIJO
OLHOS NOS OLHOS
DESEJOS
ABRAÇOS APERTADOS
SONHOS DOURADOS
SOBRE O AMOR
SOBRE LEMBRANÇAS PASSADAS
RECORDAÇÕES GUARDADAS
PARA SEMPRE

POIS DE REPENTE... SÓ SAUDADE.