terça-feira, 10 de janeiro de 2017

UM VELHO SONHADOR






A NOITE PASSA
A GAROA
GRUDA NA VIDRAÇA
FEITA LÁGRIMAS
QUE O VENTO CARREGOU
FEITO LEMBRANÇAS
DENTRO DE UMA RECORDAÇÃO
POR ALGO QUE PASSOU
O DIA AMANHECE
SÃO AS BRUMAS QUE DESCE
ENTRE AS FOLHAS QUE VOOU
SÃO RIOS CONGELADOS
MARES AGITADOS
É O FRIO QUE VOLTOU
DEPOIS QUE A CHUVA FOI EMBORA
DEPOIS QUE NO PASSAR DAS HORAS
SÓ A SAUDADE RESTOU
SÃO ABRAÇOS QUE NÃO VEM
SÃO DESEJOS QUE TAMBÉM
NUNCA MAIS EXISTIU
SÃO MADRUGADAS AFORA
CORRENDO PELAS VEIAS DE
UM VELHO... SONHADOR
SÃO NOITES INTEIRAS
SOMBRAS DESTAS PAINEIRAS
GALHOS BATENDO NA VIDRAÇA
É O VENTO QUE PASSA
DEIXANDO LÁGRIMAS PELO CHÃO
É EU NA CONTRA MÃO

QUERENDO NESTE MAR... NAUFRAGAR.