quarta-feira, 18 de janeiro de 2017

ESPAÇO ESTRELADO









QUANDO A NOITE CAI
MILHÕES DE ESTRELAS VEM
BRILHAR
SÃO COMETAS PASSANDO
ASTEROIDES SE CHOCANDO
BEM LONGE DE NOSSO OLHAR
É A LUA QUE PASSA
QUE REFLETE NA VIDRAÇA
QUE TOCA NA CORTINA
QUE CLAREIA O SEUS OLHOS
DE MENINA
E PASSEIA SOBRE O MAR
QUANDO A NOITE CAI
A BRISA CHEGA DE MANSINHO
PIRILAMPOS PELO CAMINHO
CLAREIAM AO VOAR
SÃO FLORES COM SUAS PÉTALAS
COLORIDAS
SÃO PERFUMES
SE ESPALHANDO PELAS AVENIDAS
EM NOITES CLARAS DE VERÃO
SÃO ENCONTROS
E DESENCONTROS
ÔNIBUS PARANDO NOS PONTOS
CARROS VELOZES A CORRER
LUZES DE NEON
EM VITRINES ENFEITADAS
E A MADRUGADA
O SILÊNCIO DO QUARTO ESCURO
ONDE COM SAUDADE PROCURO

MEU ESPAÇO... ESTRELADO.