sábado, 19 de novembro de 2016

SOMBRAS SOBRE A PELE






DESCEU FEITO UM ANJO
EM NOITES DE LUAR
FOI VOANDO
COMO SE FOSSE FOLHAS AO
VENTO
VEIO COMO LEMBRANÇAS
EM MEU PENSAMENTO
EM MADRUGADAS SEM FIM
FEZ DE MIM
SEU APOIO ESPIRITUAL
E DEPOIS SE FOI
FEITO UMA BRISA FRIA
PELA JANELA
DEIXANDO PERFUMES NA CORTINA
COMO SE FOSSE ATRAVESSAR
POR ELA
E LOGO AMANHECEU
VOCÊ SE PERDEU
EM UM RAIO DE LUZ
E NADA ME DISSE
NADA DEIXOU
A NÃO SER ESTA DOR
QUE A SAUDADE TEM
FOI ALÉM
DOS MEUS PENSAMENTOS
DEIXANDO APENAS
MURMÚRIOS QUE O VENTO
MURMUROU
E ASSIM O DIA PASSA
AS NUVENS DE FUMAÇA
VÃO SE TRANSFORMANDO
É A CHUVA... QUE CAIU.
SÃO SOMBRAS SOBRE A PELE
SÃO SOMBRAS QUE REPELE
TODAS AS MINHAS FANTASIAS
COMO EU DISSE

APENAS... AMANHECE O DIA.