quarta-feira, 27 de julho de 2016

LUA DISTANTE



VOU EMBORA
NÃO DEMORA
A LUA VAI TAMBÉM
POIS MUITO ALÉM
A SAUDADE BATE
AS LEMBRANÇAS
QUEREM DESFOLHAR
E O INVERNO PASSA
A NUVEM DE FUMAÇA
SE ESCURECE
MINHAS PRECES
ECOAM PELO TEMPLO
SÃO MOMENTOS
DE REFLEXÃO
 SÃO MINHAS EMOÇÕES
SOBRE A TUA
E A LUA DISTANTE
VAI SE APAGANDO
VAI DEIXANDO DE EXISTIR
POIS QUEM SABE EU POSSA
FLUIR

SOBRE AS ESTRELAS DESTE... ESPAÇO.