segunda-feira, 21 de março de 2016

LOUCURAS DE AMOR






VEM A NOITE
MANSAMENTE
TRAZENDO A LUA
QUE DE REPENTE
COLA NA CORTINA
LA LONGE
NAQUELA ESQUINA
AS MARIPOSAS VOAM
SOBRE A LUZ QUE SE
ASCENDEU
AQUI DENTRO DO QUARTO
VOCÊ E EU
EM AMASSO SEM FIM
TEUS OLHOS OLHAM PARA
MIM
EM BRILHOS INTENSOS
MEUS PENSAMENTOS
VOAM SOBRE OS TEUS
ENTRE DESEJOS
QUE SE ASCENDEU
TAL QUAL AQUELA
ESTRELA QUE NO CÉU
BRILHA
SÃO LOUCURAS DE AMOR
PERFUMES QUE A FLOR
DEIXA NO TRAVESSEIRO
SÃO SEUS CHEIROS
EXALANDO POR AI
QUERENDO FLUIR
DENTRO DE MINHA ALMA
ILUMINADA
POIS APENAS O VENTO PELA
ESTRADA
PASSA ASSOVIANDO
SOBRE MIM VOANDO
TAL QUAL ESTE CORPO TEU
QUE NO MEU GRUDOU
E ALI FICOU

ATÉ O AMANHECER.