segunda-feira, 14 de dezembro de 2015

OLHANDO AS ESTRELAS





DE NOITE A LUA BRILHOU
REDONDA PELO CÉU
COMO SE FOSSE UM LAGO
DE ÁGUAS TRANSPARENTES
ONDE DOCEMENTE
UMA ESTRELA SE ESPELHOU
E EU AQUI DEITADO
SOBRE O TELHADO
OLHANDO PARA O CÉU
DEIXEI MINHA IMAGINAÇÃO
VOAR
COMO SE QUISESSE TAMBÉM BRILHAR
DENTRO DAQUELA CONSTELAÇÃO
ONDE MEU CORAÇÃO VOOU
FOI LA EM CIMA E BUSCOU
A LUZ DOS OLHOS TEUS
QUE DENTRO DOS MEUS
EVAPOROU
FOI SUMINDO
FOI UM SONHO LINDO
DISTANTE DA REALIDADE
QUE SÓ ME DEU SAUDADE
E LEMBRANÇAS
E ENTÃO SEM QUERER CHOREI
MOLHEI
TODAS ELAS
QUE DERRETEU EM MINHA JANELA
AS LÁGRIMAS DESTE ORVALHO

QUE COMIGO... CHOROU.