domingo, 27 de dezembro de 2015

LABAREDAS





AS CHAMAS SE ASCENDERAM
ENTRE NOSSOS CORPOS
COLADOS
QUE MOLHADOS DE SUOR
FORAM DESLIZANDO
QUASE SE APEGANDO
EM DESEJOS PROFUNDOS
FORAM MINUTOS E SEGUNDOS
DE PURO SENTIMENTO
SÃO MOMENTOS SÓ NOSSOS
E FAÇO TUDO O QUE POSSO
PARA LHE FAZER FELIZ
PARA LHE VER SORRIR
MADRUGADA ADENTRO
E O QUE EU MAIS GOSTO
E DESLIZAR POR ESTAS CURVAS
TUAS
QUE NUA
ME FAZ SONHAR
QUERO TE AMAR
A NOITE INTEIRA
VER A PRIMEIRA
ESTRELA A SURGIR
VER ELA DEPOIS SUMIR
ASSIM QUE AMANHECE
ENTRE AS PRECES
DOS ANJOS QUE TAMBÉM SE FORAM
E A LUZ TRAZ A CLARIDADE
LABAREDAS DE SAUDADE
FAISCAS DE DESEJOS
FORAM TEUS BEIJOS
QUE ME DEIXARAM ASSIM
E EU ME PERGUNTO
O QUE FEZ DE MIM
O QUE ME DEU
PARA QUE EU
RENASÇA TODOS OS DIAS
QUANDO VOCÊ PASSA
E LEVA TUDO

DEIXANDO MINHA ALMA... VAZIA