sexta-feira, 3 de julho de 2015

SOMBRAS DE UM PASSADO





SOU EU E A LUA
VAGANDO POR ESTAS RUAS
DENTRO DESTAS NOITES SEM FIM
SÃO SAUDADES QUE EM MIM
VÃO SE ACHEGANDO
É COMO O VENTO QUE CARREGANDO
AS FOLHAS VÃO PARA O MAR
SÃO APENAS LÁGRIMAS QUE NO OLHAR
BRILHAM SEM QUERER
COMO SE FOSSEM ME DIZER
DE TANTAS COISAS QUE ESQUECI
MAS NÃO ESQUEÇO
SÃO APENAS TROPEÇOS
QUE OS CAMINHOS ME DERAM
SEI QUE TEUS OLHOS
UM DIA QUISERAM
OS MEUS ENCONTRAR
MAS O DESTINO NÃO DEIXOU
E EU NÃO VI ELES BRILHAR
SÃO SOMBRAS DE UM PASSADO
LEMBRANÇAS QUE AO MEU LADO
VÃO CAMINHANDO
SE HOJE ESTOU CHORANDO
ME PERDOA
SE FRACO SOU
SE AS LÁGRIMAS CAEM
SÓ POR QUE A ALMA NÃO
AS SEGUROU
MAS DEIXE O TEMPO PASSAR
DEIXE A LUA EM SUAS FASES BRILHAR
DEIXE QUE O MUNDO DE SUAS VOLTAS
POIS TUDO O QUE IMPORTA
É QUE UM DIA
QUANDO A FELICIDADE EXISTIA
EU PUDE... TE AMAR
E TE AMEI

ASSIM... COMO ME AMOU.