terça-feira, 2 de junho de 2015

O TEMPO PASSOU





O TEMPO PASSOU
ME LEVOU
PARA LONGE
LA ONDE SE ESCONDE
A SAUDADE TUA
O REFLEXO DA LUA
O BRILHO DAS ESTRELAS
A INCERTEZA
DE UM SORRISO
APENAS SAI DO PARAÍSO
E FUI VIVER
MEU INFERNO ASTRAL
NÃO ESTAVA LEGAL
FALTAVA VOCÊ
AQUELES OLHOS QUE AO
ME VER
BRILHAVA
ME PEGAVA NO MEIO
DO CAMINHO
E ME ENCHIA DE CARINHO
E DESEJO
FALTAVA AQUELE BEIJO
AQUELE ABRAÇO
FALTAVA UM PEDAÇO
DE MIM
FALTAVA TUDO
ERA UM ABSURDO
O QUE A SAUDADE DOÍA
ERA DE NOITE E DE DIA
NÃO ME DAVA TRÉGUA
APENAS DOÍA
ESSA ERA A REGRA
SÃO LÁGRIMAS EU SEI
QUE CAEM AGORA
QUE SAI DA ALMA
E VEM PARA FORA
SE PERDER PELO ESPAÇO
PINGOS QUE AOS PEDAÇOS
PELO CHÃO FICOU
FORMANDO POÇAS D´ÁGUA

QUE AS TUAS... SE JUNTOU.