sábado, 14 de março de 2015

QUE SAUDADE É ESSA







ME EMPRESTA
SUAS FOLHAS
DO PASSADO
ABRE O LIVRO
QUE FICOU GUARDADO
PELO PÓ DESTA ESTRADA
ME DEVOLVE A LÁGRIMA
QUE EU DEIXEI PELO CAMINHO
SOMOS AINDA MENINOS
PERDIDOS ENTRE AS CONSTELAÇÃO
DESTAS ESTRELAS
QUE AINDA NÃO SE APAGARAM
SOMOS FEITO
DE LEMBRANÇAS E RECORDAÇÕES
SOMOS APENAS AS EMOÇÕES
DE UMA HISTÓRIA
QUE PROMETEU NÃO TER FIM
SOMOS ASSIM
FEITO DE PEDAÇOS E RETALHOS
SOMOS COMO ONDAS DE UM RIO
PROFUNDO
QUE CORRE EM DIREÇÃO AO MAR
PARA QUE CHORAR
SE AINDA VALE A PENA SORRIR
SE AINDA VALE A PENA VIVER
CADE VOCÊ
QUE FICOU PELO CAMINHO
QUE NOS DEIXOU SOZINHO
ÓRFàDO TEU SORRISO
CADE AQUELA ALEGRIA
A LÁGRIMA QUE ESVAZIA
O CORAÇÃO
QUE NOS DA A SENSAÇÃO
DE ALIVIO
CADE O BRILHO DO TEU OLHAR
A CHAMA QUE NOS AQUECIA
A LUZ DA VELA QUE TREMIA
NO SOPRO DO VENTO
CADE NOSSOS MOMENTOS
NOSSOS ABRAÇOS
SOMOS TRAÇOS
DE UM DESENHO DE DEUS
SOMOS FOLHAS
QUE VOARAM PELO ESPAÇO
SOMOS ASSIM FEITO DE PEDAÇOS
EM PEDAÇOS
E É TUDO O QUE NOS RESTA
POIS HOJE ME PERGUNTEI
ASSIM QUE CHOREI
QUE SAUDADE... É ESTA.

               ( EM MEMÓRIA DO PASSADO QUE AO    
                 MEU LADO AINDA CAMINHA DE

                 MÃOS DADAS COM A SAUDADE.).