segunda-feira, 2 de março de 2015

O BRILHO DE UMA LÁGRIMA







NÃO SEI SE FOI
A SAUDADE
QUE ME DEU
ESTA LÁGRIMA
QUE EM MEUS OLHOS
BRILHOU
OU FOI O TEMPO
QUE SE PERDEU
DENTRO DAS HORAS
QUE PASSOU
SÓ SEI QUE CHOREI
ASSIM QUE A LUA
PELO ESPAÇO
JUNTOU MEUS PEDAÇOS
E EM ESTRELAS
TRANSFORMOU
FORAM VENTOS GELADOS
BRISAS QUE VIERAM DO MAR
PASSEI MADRUGADAS ACORDADO
SONHANDO EM TE AMAR
MAS FOI UM SONHO APENAS
NADA MAIS QUE UMA ILUSÃO
SÃO SUSPIROS PROFUNDOS
QUE EM APENAS UM SEGUNDO
DESCOMPASSOU MEU CORAÇÃO
É O BRILHO DE UMA LÁGRIMA
QUE COMO JOIA RARA
EM GOTA SE TRANSFORMOU
VEIO DE DE DENTRO DA ALMA
E PELO MUNDO SE ESPALHOU
SÃO PÉTALAS AO VENTO
SÃO DOCES MOMENTOS
QUE A LEMBRANÇA ETERNIZOU
SÃO DESEJOS
PROMESSAS DE UM BEIJO
SÃO ABRAÇOS
QUE EM PEDAÇOS
AS ONDAS DESTE MAR LEVOU
SÃO SILÊNCIOS
SUSSURROS E COCHICHOS
SÃO SENTIMENTOS MISTOS
DE SONHO E REALIDADE
E AI ME PERGUNTO
E O CORAÇÃO NÃO RESPONDE
POIS LA LONGE ELE SE ESCONDE

NAS ASAS... DESTA SAUDADE.