segunda-feira, 16 de fevereiro de 2015

MINHA ALMA NA TUA






SOMOS ASSIM
COMO O SOL E A LUA
COMO AS ESTRELAS
E OS COMETAS
COMO A ORBITA
E OS PLANETAS
COMO A LUZ
E A ESCURIDÃO
VOCÊ É O CÉU
EU SOU O CHÃO
VOCÊ É A FLOR
EU SOU ESPINHO
VOCÊ É A POESIA
EU SOU AQUELA
FOLHA VAZIA
QUE O VENTO LEVOU
SOU A LÁGRIMA TUA
REFLEXOS DA LUA
QUE NA POÇA D´ÁGUA
BRILHOU
VOCÊ A BRISA QUE VEM DO MAR
EU SOU A TEMPESTADE
VOCÊ É A DOCE LEMBRANÇA
EU SOU A SAUDADE
VOCÊ É A CANÇÃO
A RAZÃO DESTE ENCANTO
A MUSICA QUE DANÇO
SOBRE A LUZ DO LUAR
É A LÁGRIMA QUE FICOU
SÓ PARA ME FAZER CHORAR
POIS MINHA ALMA NA TUA
SÃO COMO CHUVAS QUE PELAS RUAS
VÃO CAINDO
VÃO SIMPLESMENTE SUMINDO
DEPOIS QUE NO VIDRO DA JANELA
GRUDOU
SÃO APENAS MANCHAS
CORAÇÃO QUE BALANÇA

NO RI TIMO... DO AMOR.