domingo, 8 de fevereiro de 2015

FOI SE APAGANDO






A NOITE CHEGOU
TRAZENDO AS ESTRELAS
E O LUAR
TRAZENDO O VAZIO
E O VENTO
A LÁGRIMA QUE VI
BRILHAR
AS HORAS MARCANDO
O TEMPO
O BRILHO DAS VITRINES
O REFLEXO NO ESPELHO
AS LUZES COLORIDAS
AS MEXAS BRANCAS DOS MEUS
CABELOS
A DOR DE UMA SAUDADE
QUE ENTRE SONHOS E REALIDADE
ME DERAM MOTIVOS PARA RELEMBRAR
SÃO QUASE MEIA NOITE
A MADRUGADA JÁ COMEÇA
O PENSAMENTO VOA
DENTRO DELA AS RECORDAÇÕES
TEM PRESSA
NÃO PODE PARAR
SÃO LÁGRIMAS QUE ESCORRE
QUEREM APENAS BRILHAR
SÃO GOTAS CRISTALINAS
AMOR DE UMA MENINA
SÃO COISAS QUE O TEMPO
DENTRO DE MIM
QUER GUARDAR
E ASSIM FOI SE APAGANDO
RASTROS FOI DEIXANDO
DOÍ EU SEI
NUNCA PENSEI

ASSIM... TE AMAR.