sexta-feira, 14 de novembro de 2014

SUAVEMENTE






IMAGINEI
TEUS OLHOS ASSIM
BRILHANDO DIANTE
DE MIM
EM NOITES ENLUARADAS
QUANDO PELA ESTRADA
O VENTO PASSA
SUAVEMENTE ME ABRAÇA
E DIZ COISAS DE VOCÊ
POIS AO ANOITECER
A MAGIA VOA PELO ESPAÇO
FEITO PEDAÇOS
DE UMA ESTRELA QUE CAIU
FEITO UMA NOVA CONSTELAÇÃO
QUE SURGIU
ASSIM QUE TE DEI O ANEL
DE SATURNO
IMAGINEI
TEUS OLHOS DOCES
OLHANDO PELA JANELA
ESPERANDO QUE A LUA PASSE
POR ELA
E LHE BEIJE ESTA FACE DE ANJO
CUJO ARCANJO
A NOITE LHE DEU
IMAGINEI
TEUS OLHOS NOS MEUS
TEU CORPO SAGRADO
TÃO DESEJADO
POR MIM
MAS ENFIM
NADA ME CUSTA... SONHAR.
IMAGINEI
VOCÊ DEITADA NA CAMA
O CORPO EM CHAMAS
QUERENDO AMAR
ESTES DELÍRIOS BOBOS
QUE NOS FAZEM SUAR FRIO
COMO SE UM RIO
EM NOSSOS CORPOS FOSSEM
PASSAR
IMAGINEI
VOCÊ EM MEUS BRAÇOS
FEITO PEDAÇOS
DE ALGO QUE NÃO POSSO TER
MAS ME DIGA COMO ESQUECER

QUEM NUNCA... NUNCA DEIXEI DE AMAR.